REDE BODEGA ARCOS INAUGURA PONTO FIXO DE COMERCIALIZAÇÃO EM FORQUILHA-CE

Na última quarta-feira (27) de janeiro, a Bodega Arcos de Sobral realizou a inauguração do ponto fixo de comercialização solidária - Filial Forquilha na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Forquilha. Na ocasião estiveram presentes representações de sócios e sócias da rede, Cáritas Diocesana, Paróquia São Francisco, Prefeitura e Secretaria de Agricultura do município. Foi realizada a benção do espaço por Pe.Gerson Luiz, que destacou a importância do trabalho realizado pela Rede Bodega e do ponto fixo que é um espaço solidário de comercialização que reúne produtos de diversos produtores e produtoras, artesãs e artesãos promovendo a geração de renda e a construção do bem viver. Houve um momento integrativo por meio da exposição e degustação de produtos, seguindo todos os cuidados e protocolos de prevenção à Covid-19.

A Bodega Arcos é um empreendimento econômico solidário (EES) que foi constituído com o objetivo de fortalecer a comercialização dos grupos e das comunidades rurais e urbanas da região norte cearense a partir de uma iniciativa da Cáritas Diocesana de Sobral no território.

É constituída por produtores e produtoras, agricultores e agricultoras familiares, artesãs e artesãos organizados numa rede de Economia Solidária que promove o desenvolvimento local e bem viver para as pessoas e comunidades envolvidas. Comercializa produtos de 21 grupos envolvendo diretamente 155 pessoas de diferentes comunidades dos municípios de Meruoca, Pacujá, Massapé, Bela Cruz, Morrinhos, Forquilha e Sobral.

Os principais produtos comercializados são: bolsas em tecido, couro, palha de carnaúba, retalhos, fuxico, tapetes, chaveiros, bonecas, peso de porta, enfeites natalinos, decoração, pano de prato, confecções femininas, roupas rechilier, tolhas, artesanato em barro, velas ornamentais, produtos alimentícios da agricultura familiar como galinha caipira, ovo caipira, polpas, frutas, queijos, doces, legumes e hortaliças entre vários outros itens de uma infinita lista fruto da produção orgânica das comunidades.

No contexto atual, é preciso que as redes e seus grupos produtivos se reinventem, busquem novas formas criativas de estarem apresentando seus produtos e serviços em consonância com as necessidades de geração de condições de vida sustentável tanto para os próprios grupos, quanto para as famílias, comunidades e consumidores com os quais se relacionam. A chegada deste espaço no município de Forquilha traz grandes expectativas para os associados da rede no campo da comercialização e da geração de renda, principalmente para o escoamento dos produtos oriundos da agricultura familiar.


7 visualizações0 comentário